O não pagamento do imposto pode trazer consequências graves, como inclusão em dívida ativa e perda do imóvel

Publicidade

A isenção do IPTU 2024 é um direito que pode aliviar significativamente a carga tributária de muitos proprietários. No entanto, é importante compreender quem tem direito a isso para garantir o cumprimento adequado.

Publicidade

Veja também

Publicidade

Assim, para saber tudo o que você precisa saber sobre esse tema, reunimos algumas das principais informações para compartilhar com você finanças.

IPTU 2024

Não deixe de ler até o final para não perder nada importante! A isenção do IPTU 2024 é um direito que pode aliviar significativamente a carga tributária de muitos proprietários. No entanto, é importante compreender quem tem direito a isso para garantir o cumprimento adequado.

Assim, para saber tudo o que você precisa saber sobre esse tema, reunimos algumas das principais informações para compartilhar com você.

Então não deixe de ler até o final para não perder nada importante!

Quando irá iniciar o pagamento do IPTU 2024?

Primeiramente, antes de sabermos quem terá direito à isenção do IPTU 2024, é necessário saber algumas informações sobre o imposto.

Por isso é importante saber que a partir de janeiro do próximo ano entrará em vigor o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), gestão financeira empresarial marcando o início de um novo ciclo de obrigações tributárias para os proprietários de imóveis em áreas urbanas.

É assim que proprietários e propriedades começam a se preparar para o pagamento, processo que a tecnologia está tornando mais acessível.

Acesso online à guia de recolhimento

Com o avanço da tecnologia, a guia de pagamento do IPTU, que antes era enviada pessoalmente para cada residência, agora está disponível online no site das prefeituras. Dessa forma, a mudança facilita a vida dos contribuintes e torna o gestão financeira empresarial processo mais ágil e prático.

Ademais, vale ressaltar que juntamente com a guia de recolhimento, as prefeituras fornecem as datas de vencimento para cada parcela do tributo. Os contribuintes têm a opção de pagamento à vista ou de parcelar o valor total do imposto.

No entanto, vale frisar que o não pagamento do IPTU pode acarretar em consequências sérias, como:

  • A impossibilidade de construir;
  • Vender ou alugar o imóvel enquanto houver dívidas pendentes;
  • Inclusão na Dívida Ativa do Governo e;
  • Até mesmo perda do imóvel, dependendo do valor do tributo.

Quais imóveis estão sujeitos à cobrança do IPTU 2024?

A cobrança do IPTU 2024 não é uniforme para todos os tipos de imóveis. Isso porque ela depende do tamanho e do uso do imóvel, além de outras características. O cálculo desse imposto leva em consideração a alíquota determinada por lei e o valor venal do imóvel, que é avaliado pela prefeitura.

Veja o valor venal e suas implicações

Para determinar o valor venal de um imóvel, a prefeitura considera fatores como:

  • Localização;
  • Tamanho em metros quadrados;
  • Disponibilidade de serviços de saneamento;
  • Iluminação pública, entre outros.

Assim sendo, a guia do IPTU descreve esse valor, que serve como base para o cálculo do imposto.

Ademais, as alíquotas variam de acordo com o município e podem variar conforme o tipo de imóvel (residencial, comercial, etc.).

Quem terá direito a isenção no IPTU 2024?

A obtenção da isenção do IPTU 2024 é uma questão que varia de acordo com as legislações municipais. Dessa forma, cada cidade possui seu próprio conjunto de regras para determinar quem tem direito a esse benefício.

Ademais, cabe frisar que muitas prefeituras divulgam em seus sites oficiais a lista de critérios que dão direito à isenção.
Sendo assim, confira a seguir um conjunto geral de categorias que comumente se enquadram:

  • Aposentados e pensionistas da Previdência Social;
  • Entidades culturais;
  • Agremiações desportivas e sociedades de bairros;
  • Contribuintes de baixa renda e ;
  • Imóveis com valor venal abaixo do limite.

Contudo, é fundamental observar que, para ter direito à isenção, o imóvel deve estar no nome do indivíduo que cumpre os critérios citados. Portanto, não basta apenas ser morador do local. Além disso, caso uma pessoa possua mais de um imóvel, apenas um deles poderá se qualificar para a isenção do tributo.

Como solicitar a isenção?

Ao contrário do que muitos pensam, a isenção do IPTU não é automática. Dessa forma, aqueles que preenchem os critérios precisam apresentar um pedido de isenção na prefeitura dentro do prazo estabelecido.

O processo é geralmente o seguinte:

  • Primeiramente, é necessário acessar o site da prefeitura de sua cidade;
  • Então, clique na seção “IPTU”;
    Selecione a opção “Isenção” e “Solicitação”;
  • Envie os documentos necessários para o pedido de isenção e;
  • Finalmente, aguarde a análise e a confirmação.

Além disso, os proprietários também podem fazer o pedido de isenção pessoalmente na sede da prefeitura, procurando o setor de finanças responsável pelo IPTU.

Por fim, vale lembrar que as regras variam significativamente de cidade para cidade. Portanto, é altamente recomendável que cada contribuinte acesse a legislação de seu município para obter informações detalhadas sobre quem tem direito à isenção e quais os critérios específicos aplicáveis.

Agora que você já sabe quem terá direito a isenção no IPTU 2024 e como solicitar, siga as orientações e aproveite essa oportunidade de economizar dinheiro no próximo ano!

Fonte: Noticiasconcursos

Publicidade
O link para download aparecerá em Segundos Espere, o botão de download ficará visível em alguns segundos.