É necessário ter cartão de débito, crédito ou pré-pago para pagar compras no WhatsApp; A novidade é a ampliação das transferências entre pessoas físicas

Publicidade

Leia mais: Pagamento de abril é liberado a aposentados e pensionistas que possuem cartão final 6

Publicidade

A partir desta terça-feira (11), usuários do WhatsApp no ​​Brasil poderão utilizar o serviço para realizar pagamentos a pequenos negócios. O recurso é uma forma de melhorar a experiência de compradores e vendedores que já realizaram transações na plataforma, mas tiveram que utilizar outros meios para finalizar a transação.

Publicidade

Pizzarias, farmácias, mercados, papelarias e pequenas lojas de roupas estão entre os diversos comércios que já aceitam pedidos via WhatsApp. Além de permitir um atendimento mais personalizado, o serviço de mensagens permite combinar compras sem as taxas cobradas em aplicativos como o iFood.

A liberação de pagamentos era o que faltava para tornar o WhatsApp uma ferramenta completa de compra e venda. O recurso era esperado pelo menos desde março, quando o Banco Central permitiu a realização de transações financeiras por meio do WhatsApp Pay.

Como o pagamento por WhatsApp funciona?

Para começar, o usuário precisa ter um cartão de débito, crédito ou pré-pago emitido por uma das instituições participantes. Entre elas estão:

  • Banco do Brasil: Visa
  • Banco Inter: Mastercard
  • Bradesco: Visa
  • BTG+: Mastercard
  • Caixa: cartão de débito virtual Visa
  • Mercado Pago: Visa
  • Neon: Visa
  • Next: Visa
  • Nubank: Mastercard
  • Santander: Mastercard e Visa
  • Sicoob: Mastercard
  • Sicredi: Mastercard e Visa
  • Woop (conta digital da Sicredi): Visa

Para cadastrar seu cartão, basta abrir as configurações do WhatsApp e adicionar sua forma de pagamento em Pagamentos.

As empresas interessadas devem utilizar o WhatsApp Business e vincular a conta a um parceiro de pagamento compatível como Cielo, Mercado Pago ou Rede. Depois é só criar um pedido para receber o pagamento do cliente.

Segundo o WhatsApp, os números dos cartões cadastrados são criptografados e armazenados de forma segura. Para cada transação, o usuário deverá inserir um PIN (código de pagamento personalizado).

O WhatsApp não cobra dos usuários nem das empresas participantes. No entanto, os parceiros de pagamento podem cobrar das empresas.

Só no Brasil
O novo recurso está disponível atualmente apenas no Brasil. Porém, o recurso está sendo liberado gradativamente para as empresas. Nesta fase inicial, apenas alguns deles têm acesso à modalidade.

O WhatsApp explica que o serviço de pagamento é gerenciado pela plataforma Meta Pay (antigo Facebook Pay), mas todas as transações são processadas por instituições parceiras.

Os pagamentos para pequenas empresas são uma extensão das transações financeiras entre indivíduos no WhatsApp, que foi lançado provisoriamente em 2021.

O botão 📋 surgirá dentro de Segundos Aguarde, o botão aparecerá e ficará visível em alguns segundos..