Entenda como acessar empréstimo para pessoas com deficiência A Caixa Econômica Federal lançará, em abril, uma nova linha de crédito para financiar produtos e serviços de tecnologia assistiva para pessoas com deficiência. Além da compra de cadeiras cor de rosa, próteses ou, por exemplo, aparelhos auditivos, será possível financiar a manutenção, reparo e reforma desses itens. O crédito deve estar entre R$ 5.000 e R$ 30.000, com prazo de até 60 meses.

Publicidade

Leia mais: Preço da gasolina cai, mas deve subir novamente no posto em junho

Publicidade

Por ser um programa subsidiado pelo governo federal, a linha tem tarifas acessíveis, 6% ao ano para clientes com renda de até cinco salários mínimos e 7,5% ao ano para clientes com renda entre cinco e dez salários mínimos.

Publicidade

Os interessados ​​devem levar RG, CPF e comprovante de renda e endereço na agência bancária onde podem solicitar. Consoante o caso, poderá ainda ser exigido um documento com instruções e uma receita médica associada à pessoa com deficiência que beneficiará do produto ou serviço financiado.

Após a aprovação do banco, o cliente receberá uma carta de crédito, que possibilitará a solicitação de equipamentos ou serviços de empresas credenciadas e a emissão de nota fiscal.

Banco do Brasil e Bradesco também têm opções

A modalidade de crédito não é novidade no país. O Banco do Brasil possui a linha BB Acessibilidade há 11 anos. Até dezembro de 2022, foi responsável por desembolsar R$ 858 milhões em 103 mil operações com 92 mil clientes atendidos.

Podem solicitar financiamento pessoas físicas com renda mensal de até 10 salários mínimos, com limite de crédito aprovado e válido no BB. A linha de crédito financia até 100% do valor do bem ou serviço, limitada a R$ 30.000, com prazo de 2 a 60 meses. As taxas de juros atuais são as mesmas anunciadas pela Caixa Econômica.

Não são apenas pessoas com deficiência que podem se candidatar à linha de crédito do Bradesco. Pessoas jurídicas também têm acesso a financiamento para aquisição de equipamentos com recursos de acessibilidade. É possível financiar até 70% do valor do imóvel e amortizar em até 48 meses. O valor não é limitado de forma alguma, pois a capacidade de pagamento é analisada de acordo com os dados cadastrais. As taxas são aplicadas de acordo com o perfil de risco e relacionamento com o banco.

Fonte: Mixvale


Aguarde Saiba Mais