Pagamentos em criptomoeda: Mastercard anuncia produto para tornar os pagamentos em moeda digital mais seguros

Pagamentos em criptomoeda: Mastercard anuncia produto para tornar os pagamentos em moeda digital mais seguros22 

Bitcoin Mastercard criptomoedas

Um dos principais problemas no universo das criptomoedas é a segurança: quando os métodos são eficazes, ou são programas muito pesados, ou são complexos e pouco amigáveis ​​ao usuário – ou até muito caros. E a Mastercard quer entrar nesse universo em breve.

Não é de hoje que uma das principais marcas de cartões está de olho nas criptomoedas. Desde outubro passado, a Mastercard passou a possibilitar a integração entre carteiras de moeda digital (carteiras) e os sistemas de milhares de bancos e instituições parceiras.

Agora, a empresa se concentrará no desenvolvimento de software que ajude a identificar e interromper transações suspeitas para trocas de criptomoedas. A informação é da CNBC.

Crypto Secure: segurança para criptomoedas

O chamado Crypto Secure usa inteligência artificial e algoritmos de última geração para analisar transações suspeitas nas bolsas parceiras da Mastercard. A Binance e a empresa de cartões fizeram uma parceria este ano para otimizar o comércio de criptomoedas na Argentina.

A Cipher, empresa adquirida pela Mastercard no ano passado, será responsável por fornecer uma ponte de segurança entre a empresa e os corretores. O objetivo é desmistificar o uso de criptomoedas para os usuários nos próximos meses.

E à medida que o mercado cresce, crescem também os crimes neste setor. De acordo com a Chainalysis, as carteiras suspeitas de participar de atividades criminosas valiam cerca de US$ 14 bilhões no ano passado.

Sem censura, Mastercard
Apesar de sinalizar transações suspeitas, este software não se destina a atuar como juiz para todas as transações.

Para transações feitas de carteiras suspeitas, instituições parceiras – de outros bancos a comerciantes – receberão avisos de risco coloridos em suas telas.

A decisão de aceitar ou não o dinheiro proveniente desta carteira é de inteira responsabilidade dessa instituição.

Um velho conhecido agora no mercado de criptomoedas
Esse mecanismo não é totalmente novo, acabou de se espalhar para o Bitcoin e outras criptomoedas. A Mastercard já possui um aplicativo semelhante para evitar fraudes cambiais.

Mesmo sem números concretos sobre a quantidade de transações em criptomoedas, a Mastercard está tentando enfrentar a Visa – o concorrente viu US$ 2,5 bilhões em transações em moeda digital nos primeiros quatro meses deste ano.

Ajay Bhalla, presidente de inteligência e negócios da Mastercard, disse que o objetivo da empresa é trazer aos consumidores, bancos e varejistas a mesma confiança que as transações regulares no mercado de criptomoedas.

O Crypto Secure estará disponível em aproximadamente 2.400 Exchange de parceiros Mastercard.

Fonte seudinheiro

[Total: 9 Votos: 3.7]

Deixe um comentário